Written by 07:33 Cultura, Notícias, Teatro Views: 15

Martha Mellinger apresenta monólogo na SP Escola de Teatro

A peça De Tanto Amar recebe o texto de Eddy Fernandes e é dirigida por Rodrigo Ferraz e Samira Lochter.

Banner de divulgação do espetáculo De Tanto Amar.

Qual é o limite entre a saudade e a memória que machuca?

Existe fronteira que separa amor e ódio?

A dor de uma vida não vivida pode ser compensada em algum momento?

São essas reflexões, muitas vezes difíceis de responder, que o espetáculo De Tanto Amar leva para o público do SP Escola de Teatro até 24 de fevereiro, sempre sexta e sábado, às 20h30 (Não haverá sessões no Carnaval).

É a segunda incursão do dramaturgo Eddy Fernandes no teatro paulistano.

A peça conta a trajetória de Violeta, interpretada pela atriz Martha Mellinger, mulher brasileira, radicada em Portugal, que, após enterrar o amante com quem viveu por 40 anos, faz um inventário do relacionamento dos dois e das próprias escolhas.

Ao longo da história, a personagem se transforma na jovem que deixou uma vida segura no seu país para atravessar o oceano em busca de um grande amor.

Ela também vira a mulher amargurada, que não pode retroceder, porque, ao optar pelo sonho, dinamitou seus vínculos familiares.

Violeta, no presente, é a intercessão entre a jovem sonhadora e a mulher desiludida.

Já Antônio, o português que envolve Violeta, a conduz para uma história que perpassa dor, saudade e paixão.

A peça comemora os 40 anos de carreira da atriz e 20 anos do diretor Rodrigo Ferraz.

Martha esteve na reprise de Mulheres Apaixonadas como Irene, mãe de Doris.

Seu último trabalho foi Rebecca na novela Gênesis.

Samira Lochter que dirige com Rodrigo, foi Sueli, funcionária dos Bolos da Paz na novela Dona do Pedaço.

Já Rodrigo e Eddy estrearam no ano passado a peça Ainda Sou Teu.

(Visited 15 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo