Written by 08:00 Cultura, Cursos, Workshops e +, Música, Teatro Views: 8

Conservatório de Tatuí promove 29ª edição da FETESP

Evento reunirá grupos estudantis e profissionais convidados para uma programação intensa de formação e intercâmbio com atividades culturais gratuitas.

Imagem-montagem com banner de divulgação do evento.

O Festival Estudantil de Teatro do Estado de São Paulo (FETESP) chega à sua 29ª edição em 2024 com diversas atrações gratuitas.

Este evento é promovido pelo Conservatório de Tatuí, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, considerado a maior escola de música e artes cênicas da América Latina e gerida pela Sustenidos Organização Social de Cultura.

O FETESP será realizado este ano entre os dias 20 e 26 de julho, em diversos espaços públicos e pontos culturais da cidade de Tatuí.

A programação conta com mais de 30 atrações, sendo 10 trabalhos estudantis, cinco espetáculos convidados, sete lives, cinco encontros entre grupos profissionais e estudantis, uma residência artística, oficina, um experimento cênico, sete edições de jornal, um cortejo e um show.

O público interessado pode acompanhar gratuitamente todas as atividades do evento, que acontecem no Centro Cultural de Tatuí, na Feira Livre do Largo do Machado, na Praça da Matriz e na Praça Martinho Guedes (Praça da Santa), além de espaços culturais pertencentes ao Conservatório de Tatuí, como o Auditório da Unidade Chiquinha Gonzaga, Setor de Artes Cênicas e o Teatro Procópio Ferreira.

Os trabalhos apresentados são produzidos por grupos de teatro estudantis e profissionais, com artistas convidados de várias cidades paulistas e de outras regiões do país.

O objetivo do festival é promover um intercâmbio cultural entre os grupos de artes da cena, por meio de uma programação intensa, que este ano contará com criações em processo, espetáculos, performances, intervenções, residência artística, produção de material crítico e registro para fins pedagógicos, oficina e lives com a participação de estudantes e docentes de diversas regiões do país.

Para o gerente artístico-pedagógico de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí, também curador e diretor-geral do evento, Antonio Salvador, o FETESP é uma das atrações mais importantes da Instituição devido a sua longevidade e um dos festivais estudantis mais relevantes de São Paulo, por reunir estudantes de teatro de todo o Estado com grupos tradicionais do país convidados.

“Para este ano pretendemos estabelecer uma relação ainda mais profunda entre jovens estudantes e ex-estudantes. Para isso, contamos com cinco espaços na cidade para que atores, atrizes, diretores e diretoras mais experimentados, que estudaram no Conservatório de Tatuí e participaram de edições passadas do FETESP, recebam os estudantes para uma troca de experiências durante as manhãs do festival, antes das apresentações dos espetáculos e painéis de intercâmbio programados para acontecer nos períodos da tarde e noite”, comenta.

Nesta edição, além da participação das tradicionais Unicamp, UNESP e USP, o Festival contará com a estreia de novas companhias, como a Atuará, escola de teatro de Jundiaí–SP, que fará a pré-abertura do FETESP com o espetáculo Longe da Vista Chinesa; o Teatro Escola Macunaíma, que irá apresentar a peça Corpos Territórios; e a Companhia Coxixo da Escola de Artes Célia Helena, que trará o espetáculo Irmãs Coragem.

Para participar do FETESP, estes grupos passaram por uma seleção junto à comissão composta por estudantes, docentes e gerência artística e pedagógica da área de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí, coordenação de produção do Festival, além de uma representante do VQV — Festival de Teatro Adolescente Vamos que Venimos Brasil, parceiro do evento há três edições.

Dos 60 projetos inscritos inicialmente, oriundos de 25 escolas e 16 cidades diferentes, a comissão selecionou nove trabalhos, com base na consistência artística e pedagógica, capacidade técnica de execução, relevância e inovação dos temas propostos pelos grupos.

Entre os grupos convidados a participar do Festival, Antonio Salvador destaca o espetáculo de abertura Vestido de Noiva, do Grupo Oficcina Multimédia, um dos mais longevos do país e dirigido por Ione de Medeiros, agraciada com o prêmio APCA em 2023, na categoria Melhor Direção.

O diretor-geral do evento aponta a encenação Tio Vânia, do Grupo Tapa, como outro destaque entre os grupos convidados, por conta da formação do elenco, que conta com atores experientes, caso da atriz Walderez de Barros, com a montagem Cárcere ou Porque as Mulheres Viram Búfalos, da Companhia de Teatro Heliópolis, que vem se apresentando em diversas cidades do país.

(Visited 8 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo