Written by 07:33 Economia, Notícias Views: 41

Leve Saúde inaugura clínica em Madureira

Com as três unidades, a expectativa é de realizar quase 40 mil atendimentos mensais e contratar mais de 120 profissionais de saúde.

Fachada da Clínica Leve Saúde em Madureira/RJ.

A Leve Saúde, startup de saúde carioca que oferece planos de saúde 30% mais baratos que os tradicionais, inaugurou, nessa segunda-feira, mais uma clínica própria no bairro de Madureira (RJ).

Esta nova clínica deverá ser responsável pela realização de 10,5 mil atendimentos mensais.

O investimento realizado será de R$1,2 milhão por unidade.

O novo espaço fica no Opção Feira Shopping (Rua Dagmar da Fonseca, 89 — sobreloja — Madureira — Rio de Janeiro).

A empresa ainda deverá inaugurar mais duas clínicas próprias até o fim do ano em locais a definir no Rio de Janeiro e região metropolitana.

Cada uma poderá realizar mais de 13,5 mil atendimentos mensais e também terão o investimento de R$1,2 milhão cada.

Essas novas clínicas abrigarão mais de 120 profissionais de saúde, além de mais de 30 novas vagas de empregos administrativos.

“A Leve busca oferecer uma atenção primária forte, uma medicina de família de qualidade e próxima do nosso cliente. Fortalecer a nossa rede própria é fortalecer e cuidar do atendimento primário, secundário e terciário dos nossos beneficiários”, explica Ulisses Silva, CEO e fundador da companhia.

Assim, até o fim do ano, a Leve Saúde contará com oito clínicas e mais de 100 consultórios para atendimento.

Metas da empresa

A meta da empresa é chegar a 46 mil beneficiários ao fim desse ano e a 100 mil em 2024.

A empresa hoje já está presente na capital (Tijuca, Campo Grande, Centro, Barra da Tijuca e Madureira) e na Baixada Fluminense (Nova Iguaçu) e deverá chegar, em 2024, a Niterói e São Gonçalo, com investimentos de mais de R$3 milhões.

Com planos 30% mais baratos que a média dos tradicionais, a empresa pretende fazer a diferença na vida e no bolso de seus beneficiários e promover inclusão, já que seu foco está voltado em pessoas com 45 anos ou mais.

Segundo Ulisses, o valor mais competitivo é possível em razão dos termos acordados com hospitais da rede credenciada e do uso intenso de tecnologia:

“Oferecemos ao público um mix de atendimento digital e presencial que garante preços mais competitivos. Para isso, unimos plataformas digitais centradas no cuidado dos beneficiários e adotamos Inteligência Artificial em todos os processos.”.

“Com essas inovações, já é possível oferecer aplicativos com agendamento digital de consultas, exames, chatbots de atendimento, entre outras facilidades”, finaliza.

Crédito da foto principal: Thais Monteiro

(Visited 41 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo