Written by 07:21 Lifestyle, Notícias, Pauta PcD, Social Views: 4

Fundação Dorina Nowill para Cegos celebra 78 anos

Com mais de 29 mil atendimentos realizados somente em 2023, a fundação celebra marcos significativos e renova seu compromisso de referência em inclusão social.

Foto da fachada da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

No mês de março, a Fundação Dorina Nowill para Cegos, referência em inclusão social de pessoas cegas e com baixa visão, comemora seu 78º aniversário.

Este marco representa mais um ano de realizações significativas e firme comprometimento com a comunidade atendida.

Somente no último ano, a Fundação Dorina prestou atendimento a mais de 1,2 mil pessoas cegas e com baixa visão, realizando mais de 29 mil atendimentos.

A Rede de Leitura Inclusiva, que completou uma década de atuação, impactou, em 2023, aproximadamente, três mil pessoas em 40 cidades brasileiras, por meio de encontros presenciais e on-line.

Com a participação de 575 instituições cadastradas, em 301 municípios, o alcance dos materiais acessíveis produzidos pela fundação foi ampliado significativamente.

A gráfica, que é um dos alicerces da Fundação Dorina, desempenhou um papel vital, imprimindo, ano passado, cerca de 14 milhões de páginas em braille.

O lançamento de novos e modernos estúdios resultou na produção de cerca de 40.000 páginas em áudio no último ano.

Uma inovação notável foi a implementação da Plataforma Braille, um projeto inovador que permitirá ampliar a escala de produção editorial, possibilitando que mais páginas impressas e mais livros em Braille sejam produzidos.

“Em meio a tantas realizações, a Fundação Dorina expressa profundo agradecimento aos parceiros, doadores, voluntários, conselheiros e colaboradores que contribuíram significativamente para o sucesso dessa trajetória. É por meio desse apoio essencial que a instituição continua a oferecer atendimentos gratuitos, promovendo a autonomia e independência de pessoas cegas e com baixa visão”, ressalta Francisco Henrique Della Manna, presidente do Conselho de Curadores da Fundação Dorina.

A Fundação Dorina Nowill para Cegos teve seu início há 78 anos, a partir do sonho e da determinação de uma jovem de 17 anos que, ao ficar cega, buscou incansavelmente oportunidades para continuar estudando e trabalhando. Inaugurada como Fundação para o Livro do Cego no Brasil, o objetivo inicial era difundir o Sistema Braille por meio dos livros.

Atualmente, a Fundação mantém-se fiel a essa missão, produzindo materiais acessíveis em todos os formatos, como braille, audiobooks, digital e fonte ampliada.

Além disso, expandiu suas atividades para oferecer educação, trabalho e informação a um maior número possível de pessoas com deficiência visual no Brasil.

As principais frentes de atuação incluem habilitação e reabilitação, programas de empregabilidade, cursos de capacitação, e colaboração com famílias, escolas e empresas para promover a inclusão em todos os aspectos.

A Fundação Dorina lança no dia do seu aniversário o novo site, com um design moderno e funcionalidades aprimoradas, a navegação tornou-se mais fácil, proporcionando aos visitantes uma jornada online mais fluida.

O layout intuitivo permite que os usuários encontrem facilmente as informações que procuram, enquanto as novas seções e recursos oferecem uma visão abrangente das atividades e iniciativas da Fundação.

Em constante processo de evolução, expansão e inovação, atualmente, a Fundação Dorina atinge pessoas nas mais diversas cidades brasileiras, mantendo viva a visão e os valores de sua fundadora.

(Visited 4 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo