Written by 07:16 Esporte, Paradesporto e E-sport, Notícias Views: 18

Competidoras participam de Campeonato Brasileiro Radical 4×4

Num universo predominantemente masculino, etapa final tem duas mulheres com chance de vitória.

Silvane Lazarin, e Viviane Heiderscheidt Schroeder participando do Campeonato Brasileiro Radical 4x4.

Nos dias 1 a 3 de dezembro, a Arena de Eventos de Campina Grande do Sul (Região Metropolitana de Curitiba) recebe a final do Campeonato Brasileiro Radical 4×4, uma modalidade de off road extremo que leva a plateia ao delírio por conta das incríveis manobras. Em meio a toda essa adrenalina, destacam-se as histórias de duas mulheres destemidas que lideram a categoria Experience.

Silvane Lazarin, corretora de seguros de 40 anos, e Viviane Heiderscheidt Schroeder, empresária e massoterapeuta de 34 anos, estão prontas para enfrentar esse próximo desafio do rally em circuito fechado.

O organizador do Campeonato Radical 4×4, Herick Pavin, expressou entusiasmo e apoio à participação feminina na competição:

“Estamos emocionados em ver mulheres destemidas como a Silvane e a Viviane elevando o nível das provas. Sua presença não apenas quebra barreiras, mas também adiciona uma nova dimensão de paixão e habilidade ao esporte.”.

Primeira mulher no alto do pódio

Viviane, empresária e massoterapeuta, encontrou seu caminho para o Campeonato Radical 4×4 de maneira inusitada.

Sua jornada começou em 2016, quando foi assistir ao desafio radical na Fenajeep com sua filha de quatro meses.

O que começou como observação transformou-se em participação ativa em 2022, quando, após um convite insistente, decidiu experimentar e hoje é conhecida como Vivi pé de chumbo.

Mãe de três filhos, Viviane assumiu o desafio de pilotar um jipe na categoria Experience.

Sua maior conquista foi alcançar o primeiro lugar na etapa mais recente da competição, na categoria Experience, desafiando estereótipos em um esporte predominantemente masculino.

Ela conta que superar o medo, ganhar confiança e se acertar com o jipe foram seus maiores desafios.

“Lugar de mulher é onde ela quiser. Conseguimos fazer tudo que temos vontade. A experiência de andar de jipe é única, desafiadora, e podemos mudar a história desse esporte juntas.”

A coragem que impulsiona a adrenalina

Silvane Lazarin, conhecida como Sil do Facão, corre como copiloto na categoria Experience e ganhou esse apelido justamente por, se necessário, descer do jipe e abrir a estrada “no facão”.

Sua jornada começou em 2019, quando conheceu seu namorado, o piloto Juliano Ramalho.

Desde então, o casal tem explorado trilhas pelo Brasil, com Silvane desempenhando o papel crucial de spotter (copiloto).

Em 2022, eles participaram de uma prova de off road extremo, quando a adrenalina tomou conta, inspirando-os a competir no Campeonato Radical 4×4 2023.

Desde o primeiro dia, Silvane assumiu o papel de spotter com paixão e precisão.

Ela conta que sua maior conquista foi na Fenajeep, enfrentando públicos maiores, jipes mais preparados e pilotos mais habilidosos.

“A maior dificuldade é lidar com a tensão durante a competição, exigindo precisão e atenção na comunicação com o piloto”, relata.

Às mulheres que aspiram viver essa experiência, Silvane compartilha:

“Nós, mulheres, somos as meninas dos olhos de Deus. Se temos um sonho, devemos lutar por ele e nunca deixar que ninguém o destrua”.

“Essas mulheres destemidas competirão na final do Campeonato Radical 4×4, provando que a paixão, coragem e determinação não têm gênero”, diz Herick Pavin, que é competidor e organizador desta edição do evento. 

Sobre o evento

Organizada pela Pavin Racing, com produção da Com Eventos, a etapa final do Campeonato Brasileiro Radical 4×4 promete um verdadeiro rally em circuito fechado, com muita lama, obstáculos, adrenalina e manobras radicais acontecendo no centro da arena.

Ao melhor estilo norte-americano, a categoria Radical 4×4 reúne jipes e protótipos preparados para a prática do off road extremo, com competidores de estados diferentes do Brasil.

“A etapa de dezembro marca a Final do campeonato de 2023 e receberá equipes do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais”, conta Herick Pavin, que é competidor e organizador desta edição do evento.

Em 2023, a categoria disputou etapas em Santa Catarina, nas cidades de Indaial (março), Gaspar (abril), Brusque (junho) e Timbó (setembro), e no Paraná, em Campo Magro (agosto) e Cornélio Procópio (outubro).

No topo da tabela, estão as equipes Mad Max (SC), Darros Off Road (SP) e Cupim de Ferro 4×4 (PR), todas com grandes chances de levar o título este ano em suas categorias.

O fim de semana do Radical 4×4 em Campina Grande do Sul envolve uma programação completa, com show na pista e também apresentações musicais.

No dia 1º/12 acontecem os treinos livres, a partir das 14h, e à noite, às 19h30, show da dupla Douglas Marques e Rafael.

Em 02/12, a partir das 10h, o público acompanha o início das provas oficiais, que acontecem ao longo de todo o dia, e depois, às 20h30, tem show da banda Aerodiesel.

No dia 03/12, acontece a competição final, a partir das 10h, com corridas previstas até às 17h.

Os ingressos para a Final do Radical 4×4 já estão à venda na plataforma Sympla, com lote promocional para os três dias a partir de R$ 50, com opção de parcelamento.

“Mas, atenção, as vendas do lote promocional tendem a se esgotar rapidamente”, alerta Pavin.

Os ingressos podem ser comprados separadamente para cada dia do evento por R$ 15, com parcelamento.

O evento tem o apoio das marcas, Ekron, UTV Racing, Genius Tyres, Penna Off Road, FuelTech, Master Cooler, Dstrac, Merini Amortecedores e Zanoello.

(Visited 18 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo