Written by 07:06 Entrevista, Lifestyle, Saúde e medicina Views: 4

Bate-papo com Anna Persia Bastos

CEO da Eco Gaia Design de Interiores discute motivação para criar ambientes saudáveis através da geobiologia e radiestesia na saúde dos espaços.

Esta foto contém a imagem de uma mulher vestindo uma roupa verde.

Segundo Anna Persia Bastos, ambientes residenciais e corporativos equilibrados geram saúde, mais qualidade de vida e melhor produtividade.

Na luta pela prevenção ao câncer e outras doenças, existem conhecimentos ancestrais que possibilitam se criar projetos de casas saudáveis.

E é aí que entra a Geobiologia e a Radiestesia, você já ouviu falar destes termos?

Anna Persia Bastos, empresária e proprietária do studio Eco Gaia Design de Interiores, especializada em espaços saudáveis, explica mais do assunto e por que é uma das profissionais conceituadas nesta área.

Victor Hugo Cavalcante: Qual foi a motivação por trás da criação do Eco Gaia Design de Interiores e como você percebeu a importância da geobiologia e radiestesia na saúde dos ambientes?

Anna Persia: Pensando sobre o nome da empresa, Eco Gaia Design de Interiores veio ao encontro do propósito da empresa que é transformar a vida das pessoas mediante ambientes pensados para a saúde, o bem-estar e uma melhor qualidade de vida.

Eco vem de ecologia, ecológico, morada e do ecoar (ecoar a importância de se ter uma casa única, personalizada, que transmita saúde, que respeite o planeta, nossa casa maior), já Gaia vem da mãe terra.

Sempre busquei apresentar aos meus clientes possibilidades além do belo, do que é comum e do que é tendência.

Meu foco sempre foi buscar um bom lugar para se viver e sempre com uma preocupação para o ambiente todo.

Ventilação, iluminação, natureza, mobiliários de família, tipos de materiais e produtos.

A geobiologia e a radiestesia chegaram à minha vida para confirmar o que sempre acreditei.

Existe muito mais do que somente o que conseguimos ver.

Somos energia e fazemos parte da natureza.

Mediante instrumentos radiestésicos, consigo detectar energias do subsolo que impactam na nossa saúde e fazendo este trabalho, levo cura para os espaços.

Com a inclusão da geobiologia e da radiestesia nos meus projetos, além de ter um olhar para o que é incluído, especificado para os ambientes, me apoio no estudo do local, energeticamente, detectando influências telúricas e utilizando estas informações para modificar a casa.

Victor Hugo Cavalcante: Pode nos explicar em detalhes como a geobiologia e radiestesia são aplicadas nos projetos de design de interiores para criar ambientes saudáveis?

Por meio de instrumentos radiestésicos, fazemos a detecção de interferências de subsolo e de solo nos ambientes.

É feito uma análise minuciosa do ambiente construído.

Toda a detecção é descrita em planta baixa do ambiente para mostrar os locais de maior influência telúrica.

Desta forma, com base nesta planta, posicionamos todos os mobiliários para não afetar a saúde das pessoas que ali vivem.

É importante ressaltar que não existe lugar que não tenha interferências do subsolo.

O que precisamos ter maior atenção são os locais de alta permanência como quartos, escritórios e espaços de convivência, que passamos mais de 6 h diárias neles.

Victor Hugo Cavalcante: Em um texto divulgado nas mídias você faz menção à radiação ionizante do solo e sua relação com o câncer. Como sua empresa aborda a detecção e mitigação desse risco nos projetos?

A detecção é feita com a ajuda de instrumentos radiestésicos.

Detectando pontos de radiação ionizante, buscamos orientar as pessoas de como devem agir para minimizar o impacto na saúde.

Se o ponto de radiação estiver num ambiente de passagem ou em ambientes que não são de alta permanência, orientamos para liberar esta radiação do ambiente, mediante ventilação cruzada, iluminação natural e, se não tiver possibilidade, sugerimos modificações estruturais.

No caso de encontrarmos radiação ionizante em ambientes de alta permanência, serão necessárias, além do que já foi aqui abordado, analisar layout dos ambientes, criando possibilidades de modificações no próprio espaço construído.

Chamamos a atenção para a questão do câncer nestes casos.

O tempo de exposição a este tipo de influência é que vai ditar o nível de doença.

Passar quatro anos da minha vida sendo impactado por um tipo de influência difere de passar 40 anos neste local.

Victor Hugo Cavalcante: Quais são algumas das estratégias ou técnicas específicas que o Eco Gaia Design de Interiores utiliza para proteger as pessoas da exposição a radiações nocivas em ambientes residenciais e corporativos?

Estratégicas básicas, ventilação cruzada e iluminação natural.

São as duas principais.

Temos inúmeros pontos de radiação espalhados pela Terra.

Os pontos que estão em ambientes externos, dificilmente irão impactar na saúde, considerando que é dissipado. Já nos ambientes internos, convivemos com a radiação diariamente, tendo uma influência na nossa saúde.

Passamos 90% da nossa vida em ambientes construídos.

Victor Hugo Cavalcante: Você poderia compartilhar exemplos de casos de sucesso no qual a intervenção geobiológica resultou em melhor qualidade de vida e saúde para os ocupantes de residências ou empresas?

Não posso determinar um case, pois estamos falando do dia a dia das pessoas em suas casas ou em seus ambientes de trabalho.

Mas posso dizer que, depois que comecei a estudar sobre os ambientes, percebi que ele é muito mais do que somente paredes levantadas.

Ele é parte do nosso SER e influencia na nossa vida como um todo.

E desde então percebi que o meu propósito era levar conhecimento sobre as moradas e como proporcionar mais saúde às pessoas através dos ambientes.

Tenho uma força interior e um compromisso com o bem-estar, e a forma com que posso ajudar é falando sobre os espaços, o que ele pode gerar, como devemos cuidar dele.

Destaco uma fala de Mariano Bueno, o pai da Geobiologia.

E trago aqui para que todos tenham consciência da sua relação com a sua morada.

Uma boa parte da sua saúde depende exclusivamente de você.

“A saúde, o equilíbrio e o bem-estar geral, tanto físico quanto emocional, incluindo o espiritual, dependem de inúmeros fatores, tanto pessoais quanto sociais e ambientais.”.

(Visited 4 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo