Written by 07:58 Cursos, Workshops e +, Economia, Notícias Views: 31

Quality Digital realiza 17º Integrity Forum

Evento em parceria com a Diligent debateu a maturidade em torno de ESG e GRC, além do empoderamento tecnológico.

A Quality Digital, listada na BM&FBovespa e especialista em soluções digitais inovadoras de alto valor, em parceria com a Diligent, principal empresa de SaaS para GRC (Governança, Risco e Conformidade), que atende mais de um milhão de usuários, em mais de 25 mil organizações no mundo todo, realizou na última terça-feira (31/10), no Blue Tree Transatlântico Convention Center, em São Paulo, a 17ª edição do Integrity Forum que recebeu mais de 500 inscritos.

As pessoas estão no centro das organizações, este foi o debate em torno da maturidade de ESG (Environment, Social, and Governance) e GRC (Governance, Risk management, and Compliance) nas organizações.

Essas temáticas, além do empoderamento tecnológico, definindo uma jornada em conjunto da transformação digital, estavam em foco nas principais sessões do 17º Integrity Forum.

Este é um assunto recente, mas está em constante processo de maturidade, foi o que Carlos Loureiro, diretor regional da Quality Digital, defendeu em sua palestra Liderando a transformação dos negócios com Propósito, Valor e Sustentabilidade, que ocorreu na parte da manhã.

O executivo, com o apoio de dados, destaca a importância da perenidade das operações.

“As decisões das nossas empresas poderiam e deveriam ser pautadas em análises e informações sobre impactos das mudanças ambientais. Estamos falando de práticas concretas, que podemos perceber por meio de maiores monitoramentos e condutas visíveis”, ressalta Carlos.

Outro debate fundamental foi o ESGRC na liderança da transformação dos negócios, que contou com Daniela Manole, conselheira de administração certificada CCA, Alexsandri Lima, gerente geral de governança, riscos e compliance da ArcelorMittal, Fabio Pimpão, diretor de auditoria interna e controles internos da América Latina IIA Brasil, e Michele Squeff, coordenadora geral do IBGC/RS.

“A abordagem das três letrinhas foi criada junta, deixando muito claro em como deveria ser feito, e ser uma multinacional torna isto mais fácil, pois o pacote chega pronto, as diretrizes estão estabelecidas”, inicia Alexsandri Lima, que é logo complementado por Daniel Manole, “no entanto, há uma pressão regulatória, chegou um tempo de contabilização das externalidades para poder ser feito a integração do ESG ao RC”.

Quando a discussão segue para o que é preciso de fato na construção de uma liderança capaz de integrar todos na organização em direção a esta mentalidade de atuação nos limites, Michele Squeff chama atenção para a importância da governança.

“Dentro das estruturas, gosto de falar do conselho de administração, pois este deve ser um time variado, que tenha diversidade cognitiva ampla, que possa agregar diferentes olhares, pois só assim será possível trazer essa mentalidade do topo para baixo”, afirma a coordenadora geral.

Empresas de diferentes áreas trouxeram, na parte da tarde, cases que contribuem a implantação do ESGRC nas organizações, quando andam com a auditoria interna, sem deixar para trás as tecnologias que otimizam e possibilitam essas aplicações de forma eficiente e transparente.

“A jornada é complexa quando lidamos com estes pilares, que devem estar cada dia mais em foco, colaborando cada vez mais com a administração, e acima de tudo devemos auxiliar e garantir uma adequação do processo”, afirma Fabio Pimpão.

O 17º Integrity Forum, evento que além dos seus debates e apresentações, trouxe pela primeira vez na América Latina, a plataforma Diligent One.

A única solução projetada para centralizar facilmente toda a prática de GRC do usuário, fornecendo perfeitamente uma perspectiva unificada sobre os riscos e insights impactantes em uma visão consolidada.

“O evento foi a realização de um insight que conseguimos trazer para os nossos clientes em relação à temática ESGRC, onde estamos construindo com as empresas uma visão da materialidade que as ações de sustentabilidade, responsabilidade social, meio ambiente e governança, possam efetivamente trazer para as empresas uma liderança em seus segmentos”, diz Roberto Faria, vice-presidente da Quality Digital.

A inteligência artificial também foi um tópico importante, discutido por Cássio Pantaleoni, Head de Operações em Soluções de AI e Advanced Analytics da Quality Digital.

“A tecnologia possibilita reduzir o tempo de como fazemos as coisas, e a inteligência artificial é uma equipe que está ali com você, um ponto de partida, mas utilizada de maneira não responsável, pode trazer um risco muito grande que as empresas não estão olhando”, diz o executivo líder no campo da inteligência artificial, que também participou do evento com sua palestra AI GRC: ética, tecnologia e futuro.

Há uma grande mudança no mundo, e as pessoas estão no centro e a cultura ESGRC deve ser abraçada por todos.

“Trazer isso de uma forma consciente para todas as áreas, desde processos de inovação até áreas de negócio, que hoje é visto, infelizmente, muito mais como um custo, do que realmente uma transformação perene, foi o objetivo principal. Por isso, estou muito feliz com o nosso trabalho de educar e trazer informações para o mercado”, finaliza Roberto Faria, vice-presidente da Quality Digital.

Sobre a Quality Digital 

Com mais de 34 anos de história, a Quality Digital é uma das principais empresas de tecnologia do Brasil, tendo como diferencial a habilidade de criar experiências digitais únicas, e em múltiplos canais.

A missão da companhia consiste em acelerar digitalmente os negócios de seus clientes com soluções criativas, inovadoras e de alto valor com foco em Strategy, Business, Commerce, Automation, IT Optimization e ESGRC (Auditoria, Governança, Risco e Compliance).

Com isso, auxilia as empresas a terem melhor performance operacional, governança e comunicação com seus clientes usando plataformas digitais, equipes especializadas e metodologias para promover a aceleração digital.

A Quality Digital tem cases de sucesso nas verticais de indústria, aeroportuária, utilities, varejo, e-commerce, telecom, saúde, agribusiness, construção civil, seguros, transportes, prestadoras de serviços, financeiras, além de instituições do governo federal e estadual, sendo uma das maiores empresas de TI do Brasil, com mais de 1.900 colaboradores.

Presente em todo o território nacional, com escritórios em São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro, além de sedes na Europa, Espanha, EUA e Paraguai, já soma projetos em mais de 20 países e mais de 300 clientes ativos.

A Quality Digital é uma empresa certificada pela ISO/IEC 20000-1:2018 e HDI, que valoriza as pessoas, sua cultura e gestão Lean, fortalecendo a cultura de melhoria contínua e o comprometimento por fazer mais e melhor.

(Visited 31 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo