Written by 07:11 Cultura, Exposição, Notícias Views: 34

Nano Art Hub celebra representatividade na arte plástica

Localizado no Lar Center, o hub de arte tem acesso gratuito e conta com programação cultural e educativa para toda família.

Obra de Paulo Du’Sanctus.

Em um movimento que reflete a crescente conscientização sobre o valor da representatividade, a cena das artes plásticas tem vivenciado uma transformação importante, trazendo à tona obras de artistas negros que têm emergido como protagonistas nas galerias e espaços culturais.

Neste sentido, a Nano Art Hub, que está acontecendo pela primeira vez de forma física no Shopping Lar Center, em São Paulo, traz em sua programação obras de arte pensadas por artistas pretos.

Um deles é o de Paulo Du’Sanctus, da Lateral Galeria, que possui a maioria de sua produção artística concentrada no tema da Beleza Negra, como homenagem às suas origens e resultado de estudos teóricos no campo da cultura negra brasileira.

“Eu gosto de pintar os negros e os indígenas por que foi a forma que encontrei para homenagear todos e todas que lutaram e sobreviveram aos navios negreiros, às senzalas e ao genocídio. Graças a resistência deles estou aqui”, explica o artista.

Outro nome em ascensão é o de Paulo Chavonga, da Baka Galery, artista angolano que, por meio da memória e poesia, traduz cenas cotidianas em suas obras (veja abaixo) a fim de criar um olhar mais humano entre o brasileiro e o imigrante africano.

Na afirmação da cultura brasileira e das fortes raízes africanas, Alberto Pitta, da Galeria Carmo Johnson, desenvolve trabalhos de pesquisas e criações artísticas há 40 anos e se destaca como um dos pioneiros na concepção do que hoje se conhece por estampas afro baianas, utilizando de símbolos, vestimentas, trajes e adereços dos orixás como fonte de inspiração.

O artista tem uma forte ligação com o cenário artístico e cultural da Bahia, sobretudo, no que se refere ao carnaval dos blocos afro, afoxés e de indígenas que vivem em Salvador.

As obras destes e outros artistas como Otiniel Lins, Bianca Foratori, Lavi Kasongo, Emanoel Araújo, Diego Aliados, Chris Tigra, Will Lima, Camila Alcantara, entre outros, bem como um pouco de suas histórias, podem ser prestigiadas e adquiridas no Hub de arte da Nano.

Além disso, a exposição possui uma agenda com atividades culturais e visitas guiadas que podem ser acessadas por meio do Instagram de forma livre e gratuita.

O espaço funciona de segunda a sábado das 12h às 21h e domingos das 14h às 19h.

(Visited 34 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo