Written by 07:26 Lifestyle, Notícias, Saúde e medicina Views: 2

Médica alerta sobre perigo de compartilhar batom no Carnaval

Compartilhar batons e outros itens pessoais durante o Carnaval pode facilitar a transmissão de Herpes Labial, já que a doença pode ser transmitida pela boca via parceiros, além de outras partes do corpo.

Imagem da boca de uma pessoa com ferida na boca.

Crédito: Adobe Stock

O compartilhamento de batons pode facilitar a transmissão de herpes labial durante o Carnaval.

O porquê está no contato entre o item e a boca de quem vive com o vírus causador da doença.

Ao passar o produto nos lábios, o vírus fica em sua superfície e, ao emprestá-lo a outra pessoa, ocorre a infecção.

Os sintomas surgem entre três e cinco dias.

Entre os sinais estão: bolhas com secreção, ardência, coceira e dor na região afetada.

A infectologista do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) Dra. Andrea Almeida alerta sobre a importância do não compartilhamento de itens pessoais como: batons e outras maquiagens, além de escova de dente e lâmina de barbear.

“O herpes labial pode ser transmitido mesmo quando o paciente não apresenta sintomas. Por isso, o ideal é evitar emprestar produtos pessoais”, alerta a especialista.

Outro cuidado extremamente necessário é a suspensão do contato sexual enquanto houver sintomas de herpes, pois o vírus pode ser transmitido para o parceiro e de uma região do corpo para outra.

Por exemplo, pode ocorrer a passagem do vírus do lábio para as genitálias.

O tratamento de herpes é feito com terapia medicamentosa, proporcionando alívio em poucos dias.

Mas, atenção, a doença não tem cura.

Uma vez em contato com o vírus, ele permanece no corpo.

A medicação minimiza os sintomas, mas não impede o surgimento de novos surtos da doença e a transmissão do vírus.

(Visited 2 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo