Written by 10:20 Notícias, Política, Saúde e medicina Views: 1

Rio Preto promove campanha sobre Tuberculose

Secretaria de Saúde intensificará busca ativa de casos sintomáticos de Tuberculose até fim do mês de março.

Em alusão ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, comemorado no dia 24/3, a Secretaria de Saúde de Rio Preto está promovendo uma campanha para intensificar a busca ativa de casos sintomáticos da doença.

O objetivo é conscientizar a população sobre a importância do tratamento precoce da tuberculose.

A programação inclui orientação nas salas de espera das unidades de saúde, entrega de material educativo e coleta de exames diagnósticos de baciloscopia para os sintomáticos.

Também haverá coleta durante as visitas domiciliares realizadas pelos agentes de saúde.

A doença

A tuberculose é uma doença causada pelo bacilo de Koch (Mycobacterium tuberculosis), sendo transmitida por meio da fala, espirro e tosse, atingindo principalmente os pulmões.

Os principais sintomas são a tosse persistente há mais de três semanas, febre, emagrecimento, perda de apetite e suores noturnos.

Quando tratada corretamente, a doença tem 95% de chances de cura.

Prevenção e controle

A principal maneira de prevenir a tuberculose é com a vacina BCG (Bacillus Calmette-Guérin), disponível gratuitamente no SUS.

Essa vacina deve ser dada às crianças ao nascer, ou, no máximo, até quatro anos, 11 meses e 29 dias e protege contra as formas mais graves da doença, como a tuberculose miliar e a meníngea.

Ainda como medida preventiva, é necessária a avaliação de familiares e outros contatos do paciente para não desenvolverem a forma ativa da tuberculose.

Tratamento

Ao identificar os sintomas da tuberculose, a pessoa deve procurar a unidade básica de saúde mais próxima da residência.

Todo o acompanhamento é realizado na própria unidade, facilitando o acesso do usuário.

Esse acompanhamento inclui a administração de doses supervisionadas, estratégia ministerial que garante a eficácia do tratamento.

O município de Rio Preto conta ainda com um serviço especializado, o Ambulatório de Doenças Crônicas Transmissíveis, referência para casos de resistências medicamentosas ou outras ocorrências, bem como apoio matricial das unidades.

Nos últimos anos Rio Preto teve 541 casos de tuberculose, ou mais especificamente, 96 casos em 2018, 92 casos em 2019, 106 casos em 2020, 107 casos em 2021 e no ano passado foram contabilizados 140 casos da doença.

(Visited 1 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo