Written by 07:43 Lifestyle, Notícias, Saúde e medicina Views: 3

O que fazer para evitar calor e fricção nas coxas?

Com as temperaturas altas e a curtição do Carnaval, a fricção pode ser um dos principais incômodos, além de causar irritação, mas a médica dermatologista Mayla Carbone oferece dicas para lidar com essa sensação desconfortável.

Foto de uma mulher de biquini com os pés na piscina.

Durante o verão, é comum sentir irritação ao tocar as coxas.

Principalmente no Carnaval, na hora de curtir o bloquinho, muitas pessoas podem sofrer com o atrito devido ao constante uso de saias e vestidos.

O maior erro, no entanto, é ligar essa condição a pessoas acima do peso, uma vez que esse problema também é acometido por quem possui uma formação mais grossa das pernas.

Mayla Carbone, médica dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), explica que esse atrito se agrava com o suor e com a umidade.

“Quando essas assaduras entram em contato com umidade elas pioram, então não é indicado, por exemplo, usar uma roupa de ginástica úmida por muito tempo. Esse comportamento pode levar a assaduras mais severas e até mesmo ao escurecimento da pele”, aponta.

“No entanto, atenção para as pessoas que estão com escurecimento dessa região excessiva e estão com sobrepeso, pode ser um sinal de resistência à insulina e neste caso, é necessário procurar um médico”.

Segundo a dermatologista, a ideia é manter essa área seca e hidratada e, para isso, existem alguns produtos que podem ajudar:

1- Aposte em roupas de tecidos leves

Mayla destaca o uso de roupas leves para deixar a pele respirar e lembra que os tecidos sintéticos podem ser prejudiciais, pois abafam a área das coxas e deixam o suor e a umidade presos no local, principalmente após a prática de exercício físico.

“Neste caso, vale apostar em roupas com tecido de algodão, por exemplo. Caso for necessário usar vestimentas mais grossas, assim que puder, deixe a pele respirar. Na hora de dormir, utilize um short com um tecido leve e frio para evitar o atrito e calor”.

2- Talco cremoso

O talco é uma opção bastante debatida entre médicos quando o assunto é o tratamento de assaduras.

“O produto de fato ajuda a secar a região e diminui o atrito, mas pode deixar a pele esbranquiçada e manchar as roupas. Por isso, indico o uso de talco cremoso, muito usado para evitar o suor nos pés e nas axilas, e quando aplicados na perna, causam o mesmo efeito e podem ser utilizados ao longo do dia”, comenta.

3- Bastão antiassadura

O bastão antiassaduras consiste em um roll-on, ideal para as práticas esportivas.

“Este bastão é de fácil aplicação e, além de possuir vitaminas, contém ingredientes ativos que criam uma camada protetora, prevenindo o atrito e as assaduras durante o dia”.

4- Óleos vegetais

“Por ser uma opção natural, os óleos vegetais podem ser utilizados na pele que já está lesionada, impedindo o atrito”, explica Mayla.

“Entre os mais recomendados estão rosa-mosqueta, amêndoa doce, macadâmia e maracujá, todos ricos em vitaminas A, C, D e vitamina E. Usar sempre à noite e lembrar de aplicar protetor solar durante o dia”, complementa.

(Visited 3 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo