Written by 08:20 Cultura, Música, Notícias Views: 16

Luísa Sonza apresenta Escândalo Íntimo para Fortaleza

A pop star brasileira que continua a apresentar o novo álbum pelo Brasil também anunciou uma apresentação no RIR Brasil em setembro.

Foto da cantora Luisa Sonza.

Seguindo com a nova fase da turnê Escândalo Íntimo, Luísa Sonza desembarca em Fortaleza no próximo dia 12 de julho.

A artista sobe ao palco do Iguatemi Hall cantando sucessos de Escândalo Íntimo como Sagrado Profano, Campo de Morango, Iguaria, Luísa Manequim e A Dona Aranha, além de hits da carreira como Modo Turbo, Hotel Caro e Anaconda.

Os ingressos estão disponíveis na Bilheteria Virtual.

Lançado em agosto de 2023, Escândalo Íntimo já atingiu mais de meio bilhão de streams combinados.

Após 10 meses, o trabalho volta a ser o álbum mais ouvido no Spotify Brasil e está em 174º lugar no Global, com Luísa sendo a única artista pop brasileira presente.

Em maio deste ano, foram lançadas as quatro faixas ainda bloqueadas, trazendo feats de nomes como Kayblack, Maiara & Maraísa, e do ícone da MPB Caetano Veloso.

O álbum Escândalo Íntimo

Capa do álbum. Crédito: Divulgação

O álbum bateu recorde no Spotify Brasil e atingiu 15,6 milhões de streams em menos de 24 horas após o lançamento.

Menos de duas semanas após a certificação Gold, Sagrado Profano já é certificado Platinum com mais de 40 milhões de streams de áudio/vídeo WW.

Este ano, dias antes da sua estreia no RIR Lisboa, Luísa Sonza alcançou o seu primeiro #1 no Spotify Portugal.

O marco ocorreu com Sagrado Profano, faixa com participação de Kayblack.

A música que atualmente ocupa espaço no Top 200 Mundial, #1 no Top 200 Brasil e #1 no Top 50 Portugal, também alcançou #1 no Apple Music Portugal, #1 no YouTube Brasil e #2 no Apple Music Brasil.

Luísa também permanece no Top Artista Diário do Brasil e de Portugal, com o álbum Escândalo Íntimo em 3º lugar no Spotify Brasil.

Penhasco 2, faixa com Demi Lovato, alcançou a primeira posição entre as músicas mais ouvidas no Spotify no Brasil, tornando as duas as primeiras artistas da história a estrear uma música com dois milhões de streams na plataforma no país.

Luísa Sonza também colocou todas as músicas do Escândalo Íntimo no TOP 50 da plataforma musical, ficando seis delas no TOP 10.

Além disso, três músicas entraram no Top 200 Global, com Penhasco 2 na posição 41, Campo de Morango na posição 140 e A Dona Aranha na 181.

Em Portugal, Penhasco 2 estreou na posição 10 e Escândalo Íntimo tornou-se a maior estreia de um álbum pop brasileiro.

No Apple Music, o artista ocupou todo o Top 18 da plataforma e Escândalo Íntimo foi o álbum mais ouvido.

Na Deezer, todas as faixas estrearam no Top 50, com Penhasco 2 na primeira posição.

Inspirada em um dos gêneros mais ouvidos do mundo, a bossa nova de Luísa Sonza, a música Chico alcançou o primeiro lugar no Spotify Brasil e a 27ª posição no ranking global.

No total, a faixa já recebeu mais de 83 milhões de streams combinados (vídeo e áudio) em todo o mundo e conquistou o selo de diamante no Brasil (quando uma faixa atinge 600 mil streams).

Terceiro álbum da carreira de Luísa Sonza, Escândalo Íntimo traz um trabalho artístico mais maduro e conceitual.

Com 24 faixas, a obra conta com feitos nacionais e internacionais de artistas renomados, como Demi Lovato, Marina Sena, Baco Exu do Blues e Duda Beat.

Refletindo uma jornada no artista, o disco, produzido em Los Angeles, foi reforçado por nomes como Roy Lenzo, produtor de discos como Montero, de Lil Nas X, e Tommy Brown, que já produziu sucessos de artistas como Ariana Grande, Justin Bieber e Blackpink.

(Visited 16 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo