Written by 07:14 Cultura, Notícias Views: 10

Factum promove passeios culturais em Curitiba

O roteiro, que passa por prédios icônicos da capital paranaense, é gratuito e tem vagas limitadas.

Foto de época do Marco Zero de Curitiba na Praça Tiradentes.

Nos próximos dias 25 de novembro e 02 e 09 de dezembro, os residentes e visitantes de Curitiba poderão participar de uma viagem histórica pela cidade.

A Factum Pesquisas Históricas promove, nessas datas, passeios culturais entre prédios da capital paranaense que são ou foram parte também da história da Família Hauer.

O projeto integra as ações de lançamento do Catálogo Seletivo de Documentos para a História Urbana de Curitiba: Família Hauer, editado e recentemente publicado pela Factum.

“Os passeios têm como objetivo observar e identificar edificações de arquitetura eclética que testemunharam as atividades dos Hauer, ressignificando assim a memória coletiva da cidade”, explica a historiadora Tatiana Marchette, autora do livro.

Cada edição do roteiro acomoda até 12 participantes, que podem se inscrever gratuitamente, através do formulário disponibilizado nas redes sociais da Factum.

Cada passeio tem duração de três horas, iniciando às 9h.

Antes de partir para a primeira parada, todos os participantes receberão de forma gratuita um exemplar do Catálogo Seletivo de Documentos para a História Urbana de Curitiba: família Hauer.

Roteiro do Passeio

O passeio começa ás 9h no Castelo Hauer, à Rua do Rosário, antiga residência de José Hauer, o pioneiro da família a migrar para o Brasil e se estabelecer em Curitiba.

O edifício hoje sedia a reitoria da Uninter.

No local, o grupo será recebido pelo corpo docente da instituição, representado pelo professor doutor André Luiz Cavazzani.

Na sequência, serão compartilhadas as explicações sobre o passeio, indicando os pontos de parada, horários e finalização.

Às 10h o grupo segue em direção à Rua Mateus Leme, esquina com a Rua 13 de Maio, onde está o edifício que abrigou, entre o final do século XIX até meados do XX, o Teatro Hauer e outros cinemas dele originados.

Já às 10h40 o grupo estará no Largo da Ordem, onde haverá observação do prédio e do entorno onde funcionou a Ferragens Hauer, um dos comércios mais populares dos Hauer na cidade, que hoje abriga a sede central da Defensoria Pública do Estado do Paraná, na Rua José Bonifácio, 66, fundos da Catedral Basílica Menor de Curitiba.

Às 11h10 será vez de visitar o calçadão da Rua XV de Novembro, parando para observar o edifício onde funcionou a loja O Louvre Curitibano e outros detalhes arquitetônicos relacionados ao tema.

Às 11h50 o local apresentado será a Praça Tiradentes, parando em frente ao Palacete Hauer (onde hoje funciona uma loja de departamento) e em frente ao que foi o Palacete Comendador Franco, no outro lado da rua, hoje bastante modificado.

Ambos concentraram diversas atividades privadas, de lazer e de trabalho, da família Hauer e outras famílias de cultura alemã.

O passeio termina ás 12h no Marco Zero de Curitiba, na Praça Tiradentes.

“Este roteiro cultural proporciona uma oportunidade única para explorar a arquitetura e a história de Curitiba e homenagear a influente família Hauer, cujo legado continua a enriquecer a cidade”, conta Tatiana.

Todo o percurso será guiado pela estudante do último período do Curso de História da UFPR, Hellen Patrícia Martins, que fará uma imersão histórica com os participantes, que por sua vez poderão participar de uma exposição virtual no site da Factum, ao enviarem as imagens feitas durante o passeio.

O projeto cultural é realizado por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Curitiba, com incentivo do Consórcio Servopa e do Instituto de Oftalmologia de Curitiba.

Crédito da foto principal: Acervo da família Hauer

(Visited 10 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo