Written by 07:32 Lifestyle, Notícias, Saúde e medicina Views: 3

Como a Lei da Atração ajuda a encontrar o amor?

Psicanalista e especialista em reprogramação mental, Elainne Ourives explica como mudanças na maneira de pensar e agir pode cocriar a realidade da alma gêmea.

Imagem ilustrativa de uma lupa ampliando um dos papéis vermelhos em forma de coração.

Conforme o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui 81 milhões de solteiros, superando os 63 milhões de casados.

No Distrito Federal, até 2021, havia 1,1 milhão de pessoas solteiras.

As motivações para essa escolha variam desde a manutenção de um determinado estilo de vida e a necessidade de superar traumas emocionais, até a busca por um maior autoconhecimento.

Ainda assim, o motivo mais citado é a busca por “maior liberdade”.

Por outro lado, existe um momento que bate a solidão e as pessoas procuram por alguém com quem compartilhar a rotina.

De acordo com Elainne Ourives, psicanalista e especialista em reprogramação mental, a Lei da Atração pode ser uma poderosa aliada para quem deseja cocriar um novo amor.

“Com base na energia e vibração que emitimos, é possível atrair o parceiro ideal”, conta. 

Ela acrescenta que a frequência do amor é uma das mais poderosas e elevadas que existem.

Ao vibrar nessa frequência, uma pessoa passa a abrir portas para conexões profundas e significativas.

Com base nesse estudo, a especialista destaca cinco dicas essenciais para utilizar a Lei da Atração e encontrar o amor verdadeiro.

Cultive a gratidão e a alegria

Crédito: Getty Images

Comece cada dia com gratidão.

Agradeça por tudo o que já tem e por aquilo que ainda vai conquistar.

A gratidão eleva sua vibração e abre seu coração para o amor, criando uma energia positiva ao seu redor.

Pratique a autocompaixão

Crédito: Getty Images

Amor-próprio é o primeiro passo para atrair amor externo.

Aceite-se e ame-se incondicionalmente.

Quando você se valoriza, emite uma energia de autoconfiança e atrai pessoas que também lhe valorizam.

Visualize o amor que deseja

Crédito: Getty Images

Use a técnica de visualização para imaginar o relacionamento dos seus sonhos.

Imagine-se com seu parceiro ideal, sinta as emoções de estar ao lado dessa pessoa e visualize todos os detalhes.

Esse exercício ajuda a criar uma imagem clara do que você deseja e alinhar sua energia para atrair esse amor.

Elimine crenças limitantes

Crédito: Getty Images

Identifique e elimine crenças negativas que você possa ter sobre relacionamentos.

Substitua pensamentos como “homem não presta” ou “não nasci para o amor” por afirmações positivas e construtivas.

Mude sua mentalidade para atrair o amor verdadeiro.

Seja a pessoa que você deseja atrair

Se pergunte se você namoraria ou se casaria consigo mesmo.

Trabalhe para ser a melhor versão de você.

Quando você é uma pessoa amorosa, positiva e aberta, atrai alguém com essas mesmas qualidades.

“Ao aplicar essas dicas, você estará vibrando na frequência do amor e pronto para cocriar um relacionamento significativo e duradouro. O uso consciente da Lei da Atração pode transformar sua vida amorosa e trazer o parceiro dos seus sonhos”, acrescenta Elainne.

Além disso, o amor-próprio é um componente essencial na busca por um relacionamento amoroso saudável.

Ele envolve uma série de ações que permitem a valorização da essência de cada indivíduo e o posicionamento adequado no mundo. 

Ao assumir 100% da responsabilidade pelo próprio destino, evita-se o comportamento de vítima, que pode bloquear a frequência do amor nas vidas das pessoas.

Como alguém escolhe reagir diante das adversidades está diretamente ligada ao desenvolvimento do autoconhecimento e da autoestima.

Cultivar o amor-próprio favorece o crescimento físico, psicológico e espiritual, permitindo uma vibração positiva que magnetiza eventos favoráveis e relações genuínas.

“É importante entender que cuidar de si não é egoísmo, mas uma necessidade para poder cuidar dos outros. Colocar as próprias vontades em primeiro lugar, especialmente quando a vontade dos outros causa dor, é um passo fundamental para a saúde emocional”, conclui.

(Visited 3 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo