Written by 07:15 Cursos, Workshops e +, Educação, Notícias Views: 19

Campus UNIDAS lança programação 2024 com Aula Magna

Pelo terceiro ano, Aula Magna traz conteúdo exclusivo para as filiadas UNIDAS que aconteceu, desta vez, no novo auditório da sede.

Foto da Aula Magma realizada pelo Câmpus UNIDAS para divulgação de programação anual.

O Campus UNIDAS deu o pontapé inicial de 2024 para o calendário de cursos de saúde do ano letivo, com uma Aula Magna especial sobre Inteligência Artificial na Saúde Suplementar

O Campus é a área da UNIDAS – União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde, responsável pela oferta de cursos e capacitações para as filiadas que, este ano, trouxe a especialista em inovação Regiane Relva, diretora de Inovação da VIP-Systems Informática e Consultoria e diretora de Cidades Inteligentes no Smart Campus Facen.

Em uma aula de quase três horas, a especialista trouxe conceitos e aplicações da transformação digital, com enfoque em inovação e novas tecnologias.  

A abertura do Campus UNIDAS marcou, também, o primeiro evento realizado no novo Auditório Hugo Avelino dos Anjos Lima, inaugurado no final de fevereiro na sede da entidade, em São Paulo.

Com capacidade para 50 pessoas, o auditório vai receber iniciativas em prol da saúde suplementar como aulas e palestras.

Além disso, o local foi projetado para gravar lives, podcasts e entrevistas, já que conta com uma estrutura de ponta de estúdio, com isolamento acústico e sonorização.  

“A Aula Magna no novo auditório é um marco para a UNIDAS, porque reforça nossa missão como entidade educadora e formadora de profissionais do setor. É ótimo pensar em quanto conhecimento vai ser produzido dentro desse espaço e o quanto isso vai impactar gerações e o futuro das autogestões”, destacou Anderson Mendes, presidente da UNIDAS, em seu discurso de abertura.

Aula Magna: o futuro da saúde suplementar já chegou

Durante a aula, exclusiva para as filiadas UNIDAS, Regiane Relva destacou o cenário atual, que coloca a IA já presente no dia a dia, e em todos os setores da economia, incluindo a saúde suplementar.

Na visão da especialista, é preciso usar a inteligência artificial como ferramenta para fazer a transformação digital na experiência do paciente, na gestão das empresas e nos modelos de negócio.

“Esse movimento passa, necessariamente, por colocar o paciente no centro da jornada da saúde, a partir da integração de múltiplos canais de contato e da identificação das suas necessidades”, diz Regiane.

Para quem imagina que esse seja um futuro distante, Regiane lembrou que já é possível utilizar, por exemplo, dispositivos wearable como smartwatches smartbands, que têm o monitoramento da saúde como principais recursos.

“Os smartwatches, relógios capazes monitorar uma série de indicadores de saúde, como pressão arterial, enviam essas informações por mensagem para o celular do médico que, analisa os dados e pode fazer um atendimento preditivo para esse paciente, evitando que ele vá buscar outro ponto de contato, como o hospital”, diz.

“Do lado do paciente, existem também tecnologias na palma da mão que dão o acesso a dados de saúde e informações importantes como agendamento de consulta e resultado dos exames, o que otimiza o atendimento”, destaca Regiane. 

A integração de canais de atendimento em um modelo omnichannel é apenas um recorte do que já está acontecendo na indústria 4.0, impulsionada pela IA.

Para Regiane, “estamos vivendo um processo de transformação digital que envolve a transformação cultural das empresas”.

Nesse cenário, as empresas precisam se preparar para, cada vez mais, processar grandes volumes de dados que tragam toda a jornada do paciente.

Do ponto de vista de gestão, traz mais produtividade e um melhor relacionamento com o beneficiário.

“Assim, dá para saber, entre outras coisas, se a pessoa melhorou, se o tratamento deu certo, se determinado medicamento está disponível em estoque, de forma eficiente, o que permite replicar em várias frentes, e tornar a gestão mais produtiva”, comenta.  

No final do dia, segundo a especialista, o essencial é sempre pensar na tecnologia aplicada à saúde, com foco nas pessoas.

“O ponto central é envolver conhecimento, habilidades organizadas, dispositivos, procedimentos e sistemas sem voltados para melhorar a qualidade de vida do ser humano”, completa. 

Calendário Campus UNIDAS 

Após a Aula Magna, o calendário de cursos do Campus UNIDAS foi oficialmente divulgado.

Confira alguns cursos com inscrições abertas:  

  • Gestão estratégica de resultados – até 01/04 
  • Inteligência Artificial na Saúde Suplementar – até 08/04 
  • Gestão de Indicadores – até 12/04 
  • Credenciamento e Negociação com Prestadores de Serviços de Saúde – até 12/04 
  • Descomplicando a NIP – até 01/05 
  • Contratação e gestão do tratamento do TEA – até 08/05 
  • Excelência no Atendimento ao Beneficiário – até 20/05 

No site do Campus UNIDAS é possível conferir todos os cursos disponíveis e as condições especiais para filiadas UNIDAS, que têm descontos exclusivos.

(Visited 19 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo