Written by 07:52 Lifestyle, Notícias, Saúde e medicina Views: 7

Uso livre do Ozempic a longo prazo pode ser perigoso

Especialista da Unifametro alerta sobre uso indiscriminado do remédio que está se popularizando como método de emagrecimento.

Foto de uma pessoa com o remédio Ozempic nas mãos.

Remédio usado para doenças como diabetes tipo 2, o Ozempic está se popularizando como método de emagrecimento.

Em redes sociais, como Instagram e TikTok, são expostos diversos relatos sobre os efeitos do remédio e a fase do processo no corpo após a primeira aplicação.

Conforme aponta a coordenadora do curso de farmácia do Centro Universitário Fametro (Unifametro), Suzana Bezerra, o remédio pode causar uma série de efeitos colaterais no corpo a longo prazo, como queda de cabelo, prisão de ventre e outros mais graves.

A profissional enfatiza que existem estudos que mostram a possibilidade de a medicação causar retenção biliar, uma condição na qual a bile se acumula no fígado.

Os sintomas incluem dor abdominal, náuseas e vômitos e também problemas renais em algumas pessoas.

Segundo a coordenadora, o Ozempic (semaglutida) é injetável, vendido com três canetas na caixa.

Ele atua no pâncreas e no estômago para controlar os níveis de açúcar no sangue.

“Existem relatos de paralisia dos órgãos do trato gastrintestinal (estômago e intestino), provavelmente causado pelo mecanismo de ação do medicamento, além do ganho de peso após o uso sem a mudança de estilo de vida do paciente”, destaca a farmacêutica.

A coordenadora alerta que os pacientes que recorrem ao medicamento devem ser monitorados regularmente para detectar e tratar efeitos colaterais.

“A decisão de usar Ozempic deve ser tomada em conjunto com um médico, considerando os riscos e benefícios individuais”, finaliza Suzana.

(Visited 7 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo