Written by 07:14 Educação, Lifestyle, Notícias Views: 4

Estratégias essenciais para lidar com alunos autistas

Segundo diretora do Grupo Rhema, profissionais precisam se capacitar para promover a inclusão a ajudar estudantes a se desenvolverem melhor.

Professor dando aula.

Lidar com alunos que possuem TEA (Transtorno do Espectro Autista) requer abordagens pedagógicas diferenciadas, já que é necessário proporcionar um ambiente de aprendizagem mais enriquecedor para estimular esses alunos.

De acordo com Mara Duarte, especialista em neuropedagogia e diretora de educação do Grupo Rhema de Educação, é necessário entender que crianças com autismo conseguem realizar atividades complexas, mas, para isso, os professores precisam estar munidos de conhecimento e métodos que ajudem na sua evolução.

“No Grupo Rhema procuramos auxiliar os profissionais a aprofundarem seus conhecimentos, para se tornarem referência em educação inclusiva.”, explica.

Segundo Mara, é preciso aprender e utilizar em aula métodos inovadores e inclusivos para garantir a formação de um ambiente educacional que atenda às necessidades específicas desses alunos.

“O objetivo é sempre promover a inclusão e o desenvolvimento pleno de cada estudante.”, afirma. 

Confira nove estratégias que podem ser usadas em sala de aula quando há alunos com autismo:

  1. Evite comparações com os demais alunos: Cada aluno é único, assim como um aluno com TEA também tem suas dificuldades e desafios a vencer.
  2. Proponha tarefas breves e de curta duração: Costuma funcionar melhor com alunos portadores do Transtorno.
  3. Encoraje esses alunos a aprender de forma independente: Alunos com TEA têm muita capacidade de aprender, ainda que precisem de um pouco mais de tempo em certas situações, devendo ser encorajados.
  4. Dê condições para a autocorreção: Eles podem e devem ter a oportunidade de entender e corrigir os erros cometidos.
  5. Ofereça atenção individualizada: Muitas vezes é necessário um pouco mais de atenção por parte do professor. 
  6. Adote uma sequência gradativa de conteúdos: Manter a ordem é importante para alunos com esse perfil.
  7. Retome conteúdos trabalhados anteriormente através de atividades complementares e revisão de conteúdos ministrados: A revisão é importante para relembrar aprendizados.
  8. Introduza atividades alternativas às previstas, bem como outras complementares ao planejamento inicial: É preciso se preparar para não deixar as aulas engessadas.
  9. Dê aos alunos ordens claras e sequenciais com explicações objetivas e linguagem de fácil entendimento: Alunos com TEA precisam de uma linguagem simples e direta para maior compreensão.
(Visited 4 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo