Written by 07:55 Economia, Exposição e Mostra, Notícias, Tecnologia Views: 10

RIOPARTS 2023 reúne algumas das principais marcas de autopeças atuantes do RJ

A feira vem confirmar a atividade como uma das mais competitivas e de fundamental importância economicamente, já que o estado do Rio detém o segundo lugar entre as frotas das capitais.

A RIOPARTS 2023, 5ª Feira da Indústria de Autopeças e Reparação Automotiva, que reúne algumas das principais marcas de autopeças atuantes no estado, acontece a partir do dia 04 de outubro, no Expo Mag (antigo SulAmérica/Cidade Nova), trazendo mais de 10 mil profissionais vindos de todo o estado do Rio de Janeiro.

Segundo o diretor comercial, Cássio André Dresch, “o evento vem confirmar a atividade como uma das mais competitivas e de grande importância econômica. Isto porque o setor de autopeças representa uma cadeia produtiva fundamental para o complexo automotivo, sendo responsável por parte significativa do desenvolvimento tecnológico, tanto a partir de encomendas das montadoras quanto a partir de inovações e aprimoramentos autônomos afeitos ao aftermarket automotivo”.

A reposição e a reparação automotiva compõem uma das mais competitivas atividades econômicas da atualidade.

Com centenas de fornecedores, milhares de intermediadores e milhões de consumidores finais, fabricantes de peças, componentes, acessórios, ferramentas e equipamentos utilizados na reparação e na manutenção do material rodante brasileiro das linhas leve, pesada e de veículos fora-de-estrada, o aftermarket automotivo tem nas feiras uma das suas principais plataformas de intercâmbio comercial e tecnológico.

Segundo o Sindipeças, a receita líquida da indústria de componentes automotivos totalizou R$ 191 bilhões no ano passado, com alta de 8,5% sobre 2021 (R$ 176,1 bilhões).

Para 2023, a estimativa é chegar a R$ 202,7 bilhões, com crescimento de 6,1%.

Os visitantes são representantes de milhares de lojas, distribuidoras, autocenters, concessionárias, oficinas ou que atuam na personalização e customização de veículos de duas e quatro rodas e que também mantém rodando a veículos de passeio, bem como de transporte de cargas e passageiros que fazem o Rio de Janeiro posicionar-se como a detentora da segunda maior frota entre as capitais.

(Visited 10 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo