Written by 07:10 Esporte, Paradesporto e E-sport, Notícias, Pauta PcD Views: 14

ADEACAMP lança segunda fase de projeto esportivo

O lançamento oficial do Projeto Rugby em Cadeira de Rodas FASE II será realizado na Faculdade de Educação Física da PUC-Campinas e contará com a presença dos atletas e autoridades.

Integrantes da ADEACAMP.

A ADEACAMP (Associação dos Esportes Adaptados de Campinas) dá início ao Projeto Rugby em Cadeira de Rodas — FASE II na semana em que é comemorado o Dia Internacional da Luta da Pessoa com Deficiência (3/12).

Visando garantir o acesso e a ampliação de oferta da prática desportiva, realizada pelas pessoas com deficiência física, o Projeto Rugby em Cadeira de Rodas FASE II dá continuidade ao trabalho voltado para atletas de alto rendimento, realizado na FASE I.

A cerimônia oficial de lançamento será realizada no dia 29/11, na Faculdade de Educação Física da PUC-Campinas, às 9 horas.

No evento, serão apresentados os atletas e a comissão técnica que farão parte do time de Rugby em Cadeira de Rodas da ADEACAMP para a temporada 23/24.

A ADEACAMP é precursora da modalidade no país e a primeira equipe a ser tetracampeã brasileira.

O time é formado por atletas que são destaque regional, nacional e internacionalmente, participando das principais competições brasileiras e internacionais.

Bruno Damasceno é um dos exemplos, tendo disputado recentemente os jogos Parapan-americanos Santiago, representando a ADEACAMP na Seleção Brasileira.

Carlos Neme, atleta colombiano contratado recentemente, já foi capitão da Seleção e possui grande experiência e medalhas em torneios pan-americanos e mundiais, sendo destaque nessas competições.

Para a temporada, o time também conta com outros importantes reforços, como o técnico Rafael Botelho Gouveia, campeão brasileiro de Rugby em Cadeira de Rodas pelo Minas Quad Rugby, em 2022, mestre em atividade física adaptada pela UNICAMP, e com uma vasta experiência na condução de equipes de Rugby em Cadeira de Rodas.

“Eu trabalhei no time de 2009 até 2012 e estou voltando agora para fazer a instituição voltar a ter o peso de desempenho que ela teve no passado. Estou bem animado, tenho muita segurança para trabalhar e uma comissão técnica muito capacitada. Agora é fazer na quadra o que a diretoria vem fazendo fora”, explica Gouveia.

O projeto propiciará aos atletas toda a infraestrutura para um treinamento de excelência, contando, ainda, com um quadro multidisciplinar de profissionais altamente qualificados e suas atividades desenvolvidas nas dependências da Faculdade de Educação Física da PUC-Campinas.

Na Fase II, 13 atletas serão contemplados com as melhores condições de treinamento.

“A continuidade do Projeto Rugby em Cadeira de Rodas consolida o trabalho da ADEACAMP em transformar pessoas, desenvolvendo o esporte para pessoas com deficiência. Com a ajuda dos nossos apoiadores, ele se torna cada vez mais forte e podemos seguir aumentando o número de atendidos”, reforça o presidente da ADEACAMP, Ademir Souza.

O Rugby em Cadeira de rodas — FASE II é realizado pela ADEACAMP por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, e conta com o patrocínio de empresas como a Fundação John Deere, Tetra Pak, GEA, PJ Neblina Materiais Elétricos e o apoio da Prefeitura Municipal de Campinas, garantindo as condições adequadas de recursos humanos e auxílio aos atletas e comissão técnica que participam do trabalho.

A ADEACAMP também é beneficiada pelo Equipa FASE I, um projeto de Lei de Incentivo do Governo Federal, que disponibiliza recursos para compra dos equipamentos utilizados pelo time durante os treinamentos, campeonatos e também cuidados com a saúde dos atletas. 

Experiência internacional

Os treinos dos atletas da ADEACAMP já começaram com um Camp Internacional realizado no dia 12/10 na cidade de Niterói-RJ.

Durante o Camp, a equipe de Campinas treinou com a Seleção Colombiana, que hoje é a principal adversária do Brasil na América do Sul.

Além disso, parte da equipe também foi convidada para participar de um Camp Internacional, em Santiago do Chile.

Na ocasião, os atletas tiveram a oportunidade de treinar com a Seleção Chilena, para ajudar na preparação da equipe para os Jogos Parapan-Americanos.

A fase II chega para consolidar o crescimento que a ADEACAMP vem tendo nos últimos anos.

Em 2022, a equipe subiu para primeira divisão e em 2023 conseguiu permanecer na elite do campeonato.

“Agora, com reforço de material e a comissão técnica mais estruturada, a gente quer intensificar os treinamentos e alcançar a meta de ficar entre os três melhores da modalidade no país”, completa o técnico Rafael Botelho Gouveia.

Reestruturação

A ADEACAMP tem estruturado cuidadosamente o trabalho com a equipe de rugby, fazendo com que o esporte paralímpico seja ainda mais valorizado no Brasil.

Por isso, a continuidade do Projeto Rugby em Cadeira de Rodas, agora em sua Fase 2, é de extrema importância, explica Luiz Marcelo da Luz, diretor-geral do projeto.

“Estamos profissionalizando a gestão e investindo na formação dos atletas e da equipe técnica para levar adiante a missão do Rugby enquanto esporte de inclusão e contamos com o suporte de uma rede de patrocinadores que entendem a importância do esporte. Mais do que resultados, esperamos que a equipe se mostre eficiente perante as equipes que enfrentaremos nas competições da temporada 2023/2024”, completa Luiz Marcelo.

(Visited 14 times, 1 visits today)
Close
Pular para o conteúdo